DÍZIMO – Uma Bênção para Todos

O dízimo é uma bênção, uma graça que Deus concede aos seus filhos. Infelizmente, porém, o apego ao dinheiro e a má administração das finanças no lar têm impedido a muitos crentes o privilégio de desfrutarem dessa bênção.

Dizimar é uma bênção porque significa a aceitação do senhorio de Cristo na vida. Essa compreensão resulta em profunda paz na alma, porque elimina o infortúnio, que cega o entendimento e dá ansiedade, que causa estresse e acarreta enfermidades.

Dizimar é uma bênção porque significa que a casa está arrumada,  que as finanças estão sob controle, que não há desperdício, mas a renda familiar está sendo empregada com critério, naquilo que realmente interessa a família. A seriedade em entregar 10% da renda a Deus produz seriedade na aplicação dos outros 90% no sustento do lar.

Dizimar é uma bênção porque une a família em torno dos propósitos do Reino de Deus e, desse modo, promove seu crescimento espiritual. Dizimar com alegria é uma forma eficiente de ensinar para os filhos objetivamente, o valor da igreja, a prioridade da obra missionária, a confiança na providência de Deus, virtudes que concorrerão decisivamente para formar seu caráter cristão.

Dificilmente se encontra um jovem filho de dizimistas fiéis fora da igreja. Dificilmente se encontra dentro da igreja um jovem filho de pais que se opõe ao dízimo. “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor” deve ser um propósito demonstrado na prática da mordomia cristã, e não apenas a frase de um quadro pendurado na parede.

Dizimar é uma bênção para o crente e para a sua família porque as suas orações e o estudo da Bíblia são acompanhados pela demonstração de uma fé comprovada e pela consciência de que o propósito de Deus está sendo cumprido. A Bíblia é lida com prazer e as orações sobem de corações sinceros e irrepreensíveis na sua lealdade. Ir à Igreja para adorar a Deus deixa de ser uma rotina e passa a ser movido pelo júbilo para toda a família. A entrega fiel dos dízimos dá sentido à experiência de dizer como o salmista: Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor. (Sl. 122.1).

(Pr. Sergio Macharet)

Anúncios

O que achou? Conta pra gente...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s