AMOR E SUBMISSÃO

1 – DEUS CRIOU O HOMEM E A MULHER COMO SERES COMPLEMENTARES

– A criação do homem e da mulher.

– Foi criado à imagem e semelhança de Deus.

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e dsobre todo o réptil que se move sobre a terra. (Genesis 1.26)

– Embora formados separadamente, cada um necessitava do outro.

E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão. (Genesis 2.22)

2 – QUAL A RAZÃO DOS CASAIS NÃO SE ENTENDEREM?

– Com a queda, o homem e a mulher perderam a visão de Deus para o casamento.

– A relação marido e mulher no casamento é exemplificada com a relação entre Cristo e a igreja.

Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. (Efésios 5.22-23).

3 – QUAL A RESPONSABILIDADE DE CADA CÔNJUGE?

– Foi Deus quem definiu o papel de cada um no casamento.

– Deus não nos criou e nos colocou no casamento para desenvolver aquilo que é função de nosso cônjuge.

3.1 O QUE DEUS ESPERA DO MARIDO

a) Ao marido é dada a responsabilidade de amar e nutrir a sua esposa.

b) Abrir mão de seus interesses pessoais em favor da esposa.

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. (Genesis 2.24)

c) O compromisso com a esposa é prioritário. Assim como Jesus abandonou tudo pela igreja, o marido deve abandonar tudo pela esposa.

d) Esposas devem ser tratadas com carinho.

3.2 O QUE DEUS ESPERA DA ESPOSA

a) Mulheres devem respeitar e honrar seus maridos.

b) Trabalhar junto para tomar decisões.

4 – CARACTERÍSTICAS DO MARIDO QUE AMA

4.1 – LÍDER NA FAMÍLIA

Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo. (I Coríntios 11.3)

– Trazendo estabilidade para a família.

– É firme em qualquer circunstância.

4.2 – PROVEDOR

E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas. (Deuteronômio 6.6-9)

– Ser canal da mensagem de salvação para a família.

4.3 – CONCILIADOR

– Capacidade de perdoar e curar as feridas.

Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. (Filipenses 2.4)

4.4 – INTERCESSOR

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago 4.7)

Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tiago 5.16)

– Você é responsável por garantir em oração a proteção para sua família.

5 – CARACTERÍSTICAS DA ESPOSA SUBMISSA

5.1 – APOIADORA

Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam galhos sem palavras; considerando a vossa vida casta, em temor. (I Pedro 3.1-2)

5.2 – AUXILIADORA

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo. Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida. (Provérbios 31.10-12)

– Coloque todas as qualidades que Deus lhe deu para apoiar e abençoar seu marido.

5.3 – ADMINISTRADORA

Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos. Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão. Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas. Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos. Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços. Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite. Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca. Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado. Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata. Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura. Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra. Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores. A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro. Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua. Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça. (Provérbios 31.13-27)

5.4 – SABEDORIA NO FALAR

A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. (Provérbios 18.21)

– Use as palavras para alimentar, nunca para destruir.

5.5 – INTERCESSORA

Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos. (Efésios 6.18)

Orai sem cessar. (I Tessalonicenses 5.17)

PRINCÍPIO BLÍBLICO: E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea. (Genesis 2.18)

Fonte: Construindo um Casamento Duradouro. Pr Joel Felix da Silva e Benedito Andrade Filho

Anúncios

O que achou? Conta pra gente...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s