7º Mandamento do Casamento – Interceda por seu cônjuge

“Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos (…) que se acham investidos de autoridade (…).” (1Tim 2.1,2)

“Isaque orou ao Senhor por sua mulher, porque ela era estéril; e o Senhor lhe ouviu as orações, e Rebeca, sua mulher, concebeu.” (Gn 25.21,22)

“O sétimo mandamento do casamento está diretamente ligado à vida espiritual do casal. Não é possível separar essa área das demais, principalmente porque as outras dependem significativamente dessa. (…)

Não é pequeno o número de casais que despreza a oração diante dos problemas do cotidiano. Alguns buscam refúgio, socorro em tudo e em todos, menos em Deus. Ora, se foi o próprio Deus que criou o casamento, é óbvio que Ele também terá uma solução para cada problema que tivermos, por mais difícil que possa parecer (Mt 19.26). Mas essa solução somente nos será concedida se orarmos, se pedirmos com fé e perseverança (Mc 11.24).

7º-mandamento

A IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO NO CASAMENTO

O segundo texto bíblico que encabeça este mandamento do casamento revela um lindo exemplo de um marido intercedendo por sua esposa. Esse exemplo deveria ser a regra para todo casal. Isaque amava Raquel e o seu amor estava acima da capacidade dela de procriar. Para outras pessoas, seria mais fácil fazer uma ‘produção independente’ do que batalhar em oração para obter o favor do Senhor, pois segundo Jacó é Deus que controla todas as concepções (Gn 29.31; 30.2). O interessante é que Isaque nasceu por uma interferência divina (Gn 21.1-7). No entanto, Abraão, seu pai, agiu precipitadamente ao optar por um filho ‘ilegítimo’ (Gn 16). E o resultado disso mostrou que é melhor uma esposa estéril, mas abençoada por Deus, do que uma escrava fértil que só agrada aos olhos e causa muita dor e tristeza. Isaque orou e Deus lhe atendeu. (…)

A forma mais eficaz de enfrentarmos as crises de toda natureza é por meio da oração. Oração ‘misturada’ com paciência e fé é o segredo para uma vida conjugal bem-sucedida. Não há ninguém melhor do que Deus para buscarmos socorro nos momentos difíceis, e a Bíblia nos ensina como fazer isso. Não é possível vivermos sem problemas nesse mundo (Jo 16.33), entretanto, não estamos sozinhos nessa peleja, o Senhor não nos abandona um segundo sequer, muito ao contrário, Ele nos ajuda a enfrentar e vencer as aflições, lutas, dificuldades financeiras, tristeza e toda dor que a vida nos vier reservar, só nos basta orar, pedir (Ne 1.4; Sl 34.19). Por meio do casamento, cada um encontra apoio e encorajamento no outro e ambos são fortalecidos no Senhor e na força do seu poder (Ef 6.10). (…)

LIÇÕES SOBRE ORAÇÃO

Orar é o mesmo que suplicar, interceder, pedir etc. (…) Na oração, além de pedirmos algo para nós ou para o cônjuge, também podemos adorar a Deus, confessar nossos erros e ofensas – em busca do seu perdão – declararmos nossa gratidão por todas as bênçãos que nos tem dado etc. Desta forma, devemos passar tempo diante de Deus em oração se realmente desejamos que as coisas aconteçam ou que algo seja mudado em nosso casamento. É bom lembrar que as nossas orações devem ser dirigidas a Deus Pai e em nome de Jesus (Mt 6.9; Jo 14.13,14; 15.16), e tudo que lhe pedirmos, seja para nós ou para nosso cônjuge, precisa estar alinhado com sua palavra escrita (1Jo 5.14,15). (…)

ORANDO JUNTOS

(…) Quem ora com fé recebe e, há coisas no relacionamento que somente Deus pode resolver. Jesus ensinou a Pedro uma profunda lição sobre a oração celebrada a dois, que teologicamente é conhecida como a ‘oração de concordância’: ‘Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura, pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus. Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles‘ (Mt 18.19,20. grifos do autor). As palavras que grifamos destacam a bênção de sermos uma dupla de intercessão com nosso cônjuge. Essa é a parceria perfeita na oração. Quando marido e mulher concordam em oração, acerca de tudo que precisam ou desejam, Deus responde maravilhosamente, desde que esses alvos estejam rigorosamente alinhados com a sua vontade ou Palavra (1Jo 5.14,15). Entretanto, é preciso haver verdadeira intimidade espiritual entre os dois, e as necessidades e alvos de cada um devem ser compartilhados sem rodeios. O casamento nos torna uma só pessoa também no aspecto espiritual. Essa intimidade na oração ocorre quando desenvolvemos o saudável hábito de orarmos juntos. (…)

Deus constituiu o marido como líder do lar (Ef 5.23), e essa posição também o torna sacerdote da família (1Pe 2.9), em razão disso, é de sua responsabilidade promover o envolvimento do cônjuge e filhos com as coisas de Deus. (…)

PELO QUE ORAR NO CASAMENTO?

Das muitas áreas do casamento que carecem de permanente oração destacaremos as mais importantes (…).

1. A vida espiritual do cônjuge:

A salvação do cônjuge está em vista em um primeiro momento. (…) além da oração, será necessário que o cônjuge salvo dê o testemunho ideal de sua fé para que seu consorte se sinta motivado a fazer uma decisão honesta por Cristo (1Pe 3.1; 1Co 7.14). Caso ambos sejam salvos, a oração deve focalizar o crescimento espiritual do parceiro (2Pe 3.18), a realização ministerial ou o envolvimento no reino (Ef 4.12). Devemos orar para que nosso cônjuge seja obediente a Deus (Lc 6.46-49) e tenha sensibilidade ao pecado (Pv 28.13). (…)

2. A sexualidade do cônjuge:

É preciso orar para que o cônjuge obtenha plena realização sexual (1Co 7.3), e seja liberto de inibições ou preconceitos, disfunção e pecados específicos. (…) A oração também deve cobrir o cônjuge em todas as áreas que envolvam a sexualidade, como pureza na mente e no corpo, o livramento de investidas ou de situações que conduzam ao adultério (Pv 5; 1Co 6.13; 1Ts 4.3-5), a cura ou o controle de doenças que provocam impotência (ex.: diabete) etc. (…)

3. A vida profissional do cônjuge:

Essa área do relacionamento é muito importante para o homem (Gn 3.19), pois ele, em via de regra, é o mantenedor do lar. Nesse caso, o desempenho intelectual também deve ser alvo da intercessão (por exemplo, a realização de cursos que são importantes para o seu currículo). O trabalho não é a coisa mais importante da vida, muito menos o dinheiro, então a oração deve buscar de Deus o equilíbrio das atividades do cônjuge (Ec 2.11) e caso a mulher também trabalhe, a oração deve buscar a humildade de ambos para que não haja disputa tola. As mulheres trabalham muito (Pv 31), mesmo sendo simples dona-de-casa, mas há famílias em que o trabalho profissional da mulher é indispensável para a manutenção do orçamento, neste caso além da realização profissional dela, a oração também deve buscar a sua adequação como esposa e em alguns casos como mãe. Deus quer abrir portas (Ap 3.7,8) e devemos orar por isso.

4. A saúde do cônjuge:

(…) É saúde física e mental. Deus é o Senhor da saúde (Ex 15.26) e deseja curar nosso cônjuge pela nossa oração (Mc 16.17,18). Quando clamamos a Deus por cura, Ele nos atende (Sl 30.2), e não apenas por nós mesmos (Gn 25.21,22). (…) A saúde financeira do cônjuge também deve ser nosso alvo de oração (…). A manutenção dos recursos materiais depende de três coisas: trabalho, boa administração e fidelidade na mordomia; e essas três áreas precisam estar em ordem nas nossas vidas, eis aí mais um grande motivo de oração.

Sem oração, nada dá certo para ninguém! Ela é uma importante arma do crente, mas que precisa ser usada o tempo todo. (…) As coisas mudam quando orarmos, Deus deseja fazer muito mais do que pedimos ou pensamos (Ef 3.20), mas Ele faz questão que explicitemos os nossos pedidos (Mt 6.8; Mc 10.51). A sabedoria vem quando há temor do Senhor e quando aplicamos nosso coração em buscá-la (1Rs 3.7-14), e com ela podemos administrar nosso lar sem atropelos e percalços.”

Fonte: extraído de forma resumida do livro “Os dez mandamentos do casamento“, de Walter Bastos. São Paulo: Naós, 2004, 2ª ed.

Anúncios

Uma resposta em “7º Mandamento do Casamento – Interceda por seu cônjuge

O que achou? Conta pra gente...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s